Missão Global

O que é Missão Global

Missão Global é braço da missão da linha de frente da Missão Adventista, um departamento da sede mundial da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Desde 1990 a Missão Global estabeleceu novas congregações em áreas anteriormente não penetradas no mundo. Isso inclui desde um subúrbio na América do Norte, sem presença adventista, a todo um país na Janela 10/40* – ou seja, a região que se estende da África oriental ao Extremo Oriente, que é onde se encontra as muitas das principais religiões mundiais, com relativamente pouquíssimos cristãos e cidades que crescem rapidamente.

No ano passado, a Missão Global apoiou cerca de 1.500 projetos de estabelecimento de igreja em áreas não penetradas, a um custo de cerca de $18 milhões. Desde 1990 os pioneiros estabeleceram mais de 11.000 novas congregações adventistas do sétimo dia.

Os projetos da Missão Global começam como iniciativas locais. Eles envolvem o patrocínio de membros leigos, os chamados pioneiros, que se oferecem como voluntários pelo prazo mínimo de um ano para estabelecer uma nova congregação em sua cultura. Os pioneiros têm a vantagem de compreenderem a comunidade, de falarem a língua local e de misturarem-se com as pessoas locais a um custo muito menor necessário para manter missionários tradicionais interculturais.

Assim com Jesus enviou os primeiros discípulos para pregarem ensinarem e curarem o doente, os trabalhadores da linha de frente da Missão Global alcançam as pessoas necessitadas. Os pioneiros partilham a boa notícia mediante um ministério holístico que inclui: cuidar dos doentes, realizar programas de alfabetização, realizar reuniões de evangelismo e dar estudos bíblicos.

Qual é o trabalho central da Missão Global?

Embora seja importante manter e apoiar as missões e instituições existentes, esse não é o papel da Missão Global. Ela apoia as iniciativas locais do ministério da linha de frente em áreas não penetradas e ajuda a envolver todos os departamentos da igreja nessa tarefa.

Qual a duração de um típico projeto da Missão Global?

A Missão Global aprendeu que os projetos de curto prazo normalmente não dão resultados de longo prazo. O estabelecimento de uma nova igreja em uma área nova leva de três a cinco anos de apoio.

Um Ministério Holístico

A Missão Global se importa com a pessoa como um todo. Assim como Jesus enviou os primeiros discípulos para pregar, ensinar e curar o doente, os trabalhadores da linha de frente da Missão Global alcançam as pessoas necessitadas. Os pioneiros partilham as boas novas por meio de um ministério holístico que inclui: cuidar dos doentes, realizar programas de alfabetização, realizar reuniões de evangelismo e dar estudos bíblicos.

*O que é a Janela 10/40? (1)

A Janela 10/40 é uma área que vai desde o norte da África, passando pelo Oriente Médio e a Ásia central e oriental, entre os paralelos 10 e 40 ao norte do equador (veja o mapa na pág. 16). Essa área apresenta várias características que os cristãos devem considerar:

  • Aí vive grande parte da população mundial. Embora essa zona represente apenas um terço da superfície da Terra, é ela habitada por quase dois terços da população mundial. As duas nações mais populosas da Terra estão dentro dela: a Índia e a China, que juntas perfazem quase que a metade da população do mundo.
  • É aí que está a gente que precisa do Senhor! Mais de 90% do povo menos evangelizado da Terra vive aí.
  • É aí onde muitos dos povos mais receptivos espiritualmente habitam. A Janela 10/40 é o lugar de nascimento das principais religiões do mundo — judaísmo, hinduísmo, budismo, cristianismo e islamismo. Com exceção do cristianismo, todas as outras religiões têm presença forte nessa área.1
  • É aí que o povo sofredor se encontra! A maioria dos povos mais pobres do mundo — cerca de 80% — acha-se nesse lugar. Mais importante ainda: além de 80% do povo no mundo com “qualidade de vida”2 mais baixa habita essa área.

Mas, por incrível que pareça e apesar desses fatos, o cristianismo despende lá menos de 10% de seus recursos e esforços missionários.

Os adventistas e a Janela 10/40

A igreja adventista sempre reconheceu a necessidade de ir a “todo o mundo”. Desde meados de 1980, contudo, tem havido uma crescente ênfase na busca das áreas do mundo ainda não atingidas, enfocando-as diligentemente em termos de obra missionária.

Diversas organizações têm estado na vanguarda dessa iniciativa. A Agência Adventista de Desenvolvimento e Assistência (ADRA), com sua ênfase em projetos de assistência e desenvolvimento, vai com determinação a lugares do mundo onde outros empreendimentos missionários não seriam bem-vindos. A Universidade de Loma Linda e suas especializadas equipes de medicina e cirurgia têm conseguido levar o dom de cura a algumas áreas ainda intocadas. Missão de Vanguarda Adventista tem focalizado seus esforços nas “fronteiras” do mundo, fazendo seu trabalho em áreas antes não penetradas.

Além disso, desde 1990 o escritório de Missão Global da Associação Geral vem lançando programas para atingir não somente as nações do mundo, mas também os grupos não evangelizados dentro de cada país. Muitos deles fazem parte da Janela 10/40. Em 1998, como parte da missão global, quase 20 mil pioneiros globais penetraram novas áreas em seus próprios países, para fazer um trabalho pioneiro de evangelização sobre uma base voluntária, enfocando um grupo novo durante um ou dois anos.

(1) Fonte: http://dialogue.adventist.org/articles/12_2_gustin_p.htm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *